Sabedoria Ramatis

Sabedoria Ramatis

LIVROS




RAMATÍS





Sinopse: A umbanda é universalista, eclética e abrangente, como a tônica original da mensagem de Jesus contida em seu sublime Evangelho. Em Reza Forte, Ramatís une-se novamente a Pai Tomé para, desta vez, delinear uma abordagem profunda das práticas mágicas populares que escravizam os cidadãos a um sistema de trocas com o Sagrado, fazendo ambos importantes alertas de esclarecimento à luz dos ensinamentos libertadores de Jesus. Neste momento de transição planetária, em que urge a germinação definitiva do amor crístico no coração dos homens, a fim de que se possa mudar padrões de condutas equivocadas e alcançar a Terra Renovada, a umbanda vai gradativamente revendo ritos e cerimoniais distorcidos de suas genuínas raízes africanas pela atuação de sacerdotes interesseiros e venais, cumprindo assim a sua destinação espiritual traçada pelo Alto para o Terceiro Milênio.
       Ramatís e Pai Tomé ressaltam a atuação constante dos guias espirituais no trabalho de transformação íntima de seus médiuns, que se dá silenciosamente no contato fluídico através da mecânica de incorporação no terreiro; explicam sobre a origem multifacetada da umbanda, religião genuinamente brasileira com influências indígenas, africanas e europeias; relatam a verdadeira significação dos orixás, voduns e inquices; tecem detalhes sobre o transe de possessão; retomam as crenças indígenas e seus cultos ancestrais, remanescentes nos rituais de jurema, pajelança e catimbó.
      Esta obra traz, enfim, temas muito falados e pouco compreendidos do universo das religiões mágicas brasileiras. É portanto uma nova luz no entendimento de nossa diversidade espiritual.    



***



Sinopse: O texto dos quatro evangelhos, se observado criticamente, atribui ao Mestre Nazareno diversas atitudes inaceitáveis e deprimentes. Retrata um Jesus, em certos momentos, colérico, vingativo, mesquinho, pusilânime e vacilante. Atitudes que desmentem de maneira flagrante a sua personalidade sideral. Como explicar isso?
Sabemos que os textos originais, em razão dos interesses clericais, cópias e traduções, sofreram inúmeros cortes, distorções e interpolações desrespeitosas e ilógicas, que são aceitas sem contestação há mais de dois mil anos, distorcendo de forma inadmissível o seu perfil de natureza angelical.
Ramatís foi o único que se propôs apontar, em O Sublime Peregrino – relato mais autêntico da vida do Mestre Nazareno –, todas as incongruências e absurdos que lhe foram atribuídos, em contradição com o seu próprio Evangelho.
Este novo livro, baseado na obra de Ramatís, enfoca especificamente a denúncia dessas inverdades: coisas que Jesus nunca fez, “milagres” que não realizou, palavras que não disse e gestos que nunca teve, e que compõem um perfil inautêntico de um Jesus que nunca existiu, mas foi aceito sem discussão por vinte séculos.
É uma forma de sacudir a coleira com que interesses mesquinhos imobilizaram a consciência dos cristãos, e permitir que emerja, sem as vestes rotas da crendice, do mito, do absurdo e da incongruência ofensiva, o Jesus que realmente passou por aqui, mudou o mundo e resgatou as nossas consciências, conquistando nosso amor pela eternidade.


***



Sinopse: Nesta nova coletânea, Ramatís nos demonstra que universalismo não é uma “colcha de retalhos” confeccionada por pedaços de cada religião, mas sim o entendimento panorâmico sobre as propostas e ideais de cada ser e a convivência pacífica entre aqueles que, apesar de pensarem de forma diferente, são filhos de um mesmo Pai, em busca do mesmo desiderato: a felicidade. Mostra que é hora de a humanidade dar um passo à frente, não modificando as bases magistralmente edificadas pelos luminares que aportaram na carne terrena e abriram um leque de alternativas de compreensão e entendimento da Realidade Maior, a fim de unir as pessoas e não separá-las. Explica ainda que esse esforço fraterno necessita de vozes fortes e decididas que possam demonstrar às criaturas a importância e a beleza que se encontram encerradas em todas as religiões e em todas as doutrinas filosóficas, porque tudo vem de Deus, a “causa primária”. E que, por isso, o ser não deve ficar confinado em sectarismos e ortodoxias, sob pena de cristalizar-se em uma “nova inquisição”, exigindo o “imprimatur” para vislumbrar a felicidade. 
          Esta obra busca, portanto, a conscientização dos seres no sentido do soerguimento de uma humanidade mais unida, fraterna e solidária. Que esta fagulha de luz possa despertar reflexões e engajamentos nesta cruzada, tornando-se mais uma força na construção do planeta de regeneração tão aguardado por todos.

***



Sinopse: De Aruanda – estância do Astral Superior de onde se focalizam os elevados mentores do movimento umbandista no planeta –, Ramatís e Babajiananda, dois mestres orientais de milenar afinidade, trazem novo aprofundamento à temática Umbanda e Apometria, iniciada com as obras Evolução no Planeta Azul e Jardim dos Orixás.
Babajiananda relata as vivências com seu guru ancestral, que o mundo conhece como um dos mais sublimes iniciados do planeta. Esclarece a natureza e a diferença das iniciações da Grande Fraternidade Branca e aquelas dos médiuns da umbanda – assunto tão pouco conhecido como freqüentemente distorcido.
Temas de crucial interesse, não só para umbandistas e apômetras como para todos os estudiosos da espiritualidade, são dissecados com a peculiar objetividade de Ramatís. A vida mental, formas de pensamento, a força mental e magnética, mecanismos da magia, magnetização de objetos, rituais, mecanismos de atendimento à distância, entre outros.
Com seu característico empenho em desvendar novos territórios além do já sabido, aprofunda conhecimentos sobre o eu superior e inferior e os veículos do homem, desfaz equívocos sobre a dinâmica dos trabalhos apométricos, particulariza a natureza, contextura e atuação dos sete corpos, e define realidades concernentes aos espíritos da natureza e sua participação nas lides apométricas e umbandistas.
Os estudos de caso incluídos na obra são fascinante roteiro de estudo prático dos fenômenos e patologias peculiares ao universo da apometria.
Este terceiro volume da trilogia Apometria e Umbanda é um convite ao aprofundamento da consciência e da atuação dos trabalhadores dessas duas áreas afins.





***




Sinopse: Umbanda de A a Z – Aprendendo com Ramatís é mais uma importante colaboração que este mestre da Espiritualidade traz a todos os que estão voltados para o trabalho na seara do bem. Esta coletânea esclarecedora desmistifica o panteão africanista, apresentando o sincretismo religioso em sua real perspectiva e o médium umbandista como um trabalhador do Cristo que precisa estar consciente de que recebeu uma outorga, um mandato mediúnico, que lhe imputa a responsabilidade sobre seus atos e a compreensão da importância de sua missão na Terra.
Ramatís mostra aos leitores que a umbanda representa mais um afluente do “rio do conhecimento” que deságua nos corações e nas mentes dos seres humanos, neste momento de transição planetária, trazendo uma importante colaboração para que os encarnados possam perceber a Chama Crística em que se constituem e, então, coloquem essa Divina Luz a serviço de sua felicidade e da felicidade de seus irmãos de peregrinação cósmica, por intermédio deste oceano de luz que é o Universo do Pai, o grande Jardim dos Orixás onde são chamados a atuar os filhos, na obra incessante da Caridade.




***


Transição planetária, apocalipse, fim dos tempos, verticalização do eixo da Terra, exílio planetário, planeta chupão — estes temas apaixonantes e atualíssimos são apresentados nesta coletânea compilada de 24 obras de Ramatís, instrutor espiritual que aprofunda a natureza do conhecimento iniciático trazido até então. Falar da transição é discorrer sobre um momento único na história planetária, em que o planejamento de trilhões de anos efetuado pelos engenheiros siderais leva a humanidade ao severo exame da “direita” e da “esquerda” do Cristo, que garantirá uma morada venturosa aos mansos e o degredo para mundos inóspitos e primitivos aos renitentes no mal.
De forma sistemática, Ramatís nos revela todo o esquema sideral que desembocará na nova civilização do Terceiro Milênio — a Jerusalém Renovada —, onde finalmente irá imperar a fraternidade pregada por Jesus, o Avatar do Amor. O leitor poderá então ter uma noção exata da sequência dos acontecimentos que elevarão a morada terrestre e sua humanidade a um novo




***


Sinopse: Como ficam os dilemas da vida quotidiana, à luz dos valores milenares da Sabedoria Espiritual, que a doutrina espírita se propôs divulgar no ocidente?  Como serão vistos o aborto, a prostituição, o homossexualismo, a eutanásia, o sexo, o suicídio, a dor humana — temas que perpassam como fios de intenso colorido a trama do tecido social — sob a avaliação da Lei Cósmica?
Distante do convencionalismo humano, mas falando dentro do coração humano a linguagem cheia de compaixão e lucidez dos Mestres da Sabedoria, Ramatís coloca esses temas nas perspectiva em que são vistos pela Espiritualidade Superior, não pela restrita ótica social humana.
No capítulo "A Mente", esse Mestre que há milênios se dedica a promover a unidade do conhecimento oriental e ocidental, oferece uma síntese admirável do conhecimento esotérico sobre as forças mentais, a ação da mente sobre a fisiologia humana, a estruturação multimilenar da Mente Instintiva e sua atuação no inconsciente humano, a Mente Cósmica e sua focalização no microcosmo humano.
Obra cativante pela clareza com que verte em linguagem ocidental, profundos conhecimentos da Sabedoria Milenar, traz ao leitor elementos para repensar problemas de máxima atualidade, oxigenados pelo sopro renovador da espiritualidade cósmica.



***


Sinopse: "Quando encarnados, custamos a entender a função retificadora do sofrimento como processo de aperfeiçoamento espiritual. Em verdade, somos como diamantes brutos que, por meio da lapidação, iremos nos transformar em "brilhantes" a irradiar Luz. Por isso, se o homem encarnado soubesse da importância das vicissitudes e dos sofrimentos, embora muitas vezes sob o guante de adversários de vidas pretéritas, formaria fila defronte da oficina do purgatório terreno, aguardando impaciente a vez de atenderem-lhe os necessários consertos espirituais."
Esta verdade e outros belísimos ensinamentos compõem o enredo de "Semeando e Colhendo", sabiamente transmitido do Espaço pelo Espírito Atanagildo, co-autor de Ramatís em outras obras espíritas de igual valor.
Neste lançamento, agora editado pela Editora do Conhecimento, "Semeando e Colhendo" foi totalmente revista e ampliada, apresentando dezesseis contos reencarnacionistas de suprema beleza, pertencentes à obra original. O leitor poderá apreciar ainda o conto inédito "O Polvo", que premiou o médium Hercícilio Maes com o primeiro lugar num concurso literário nacional.
"Semeando e Colhendo" é literatura espírita que deve estar sempre ao alcance daqueles que desejam aprender com as lições verídicas da Lei de Causa e Efeito relatadas pela Espiritualidade e atingir um estado de equilíbrio mental que possa proporcionar-lhes uma trajetória segura no plano material



***


Sinopse: Nesta coletânea, o leitor poderá alcançar a exata compreensão sobre a importância de seus corpos mediadores, especialmente os corpos de manifestação (físico, etérico e astral), no processo de sua caminhada rumo aos páramos da luz, como elos divinos entre o espírito e a matéria, imprescindíveis para a vivência das experiências necessárias à confecção da consciência cósmica.
Ramatís nos ensina a transformar nossos antigos e viciados hábitos alimentares, nossas emoções e nossos pensamentos, equilibrando nosso conjunto psicofísico e adquirindo a harmonia e a saúde total, que deve ser uma das metas de todos, neste início de milênio, no qual seremos chamados a colaborar com a higienização planetária, preparando a psicosfera do futuro Mundo de Regeneração.
Ressalta o imenso malefício que o carnivorismo traz à humanidade terrena, por se tratar de alimentação primitiva não condizente com o nível evolutivo alcançado pelo homem atual. Demonstra, de forma clara e inequívoca, a imensa crueldade contra os animais, nossos irmãos menores que caminham para a angelitude e esperam dos seres humanos um mínimo de respeito e amparo, a fim de que sigam no processo de evolução, como princípio inteligente, até atingir a futura individualização no seio do Criador.
E nos orienta sobre os mecanismos ocultos que levam à saúde e à doença, sobre a medicina psicossomática, particularmente a homeopatia, com suas doses infinitesimais, traçando um roteiro seguro para o equilíbrio e a harmonia do ser humano e discorrendo sobre a excelência da alimentação vegetariana, como novo patamar alimentício para o homem do terceiro milênio.



***



Sinopse: Ramatís traz, nesta obra, um novo espectro de conhecimentos para ampliar nossa penetração no infinito universo dos fenômenos "ocultos".
Na tônica universalista que o caracteriza, Ramatís empenha-se agora em elucidar realidades pouco compreendidas que se conhecem como orixás, sete linhas vibratórias, oferendas, magia na natureza, elementais, agentes mágicos, e outros. Situa essas realidades no contexto iniciático, correlacionando-as com a regência vibratória dos astros e os Grandes Princípios Cósmicos que representam. Umbanda e Apometria são analisadas com a peculiar objetividade e profundeza do pensamento desse antigo mestre atlante.
Lembrando que "a maior parte dos grandes progressos tecnológicos e científicos verificados na História ocorreu por influência de culturas extraterrestres", aponta a intervenção genética dessas culturas na formação de raças terrestres; e analisa, sob a ótica espiritual, os processos científicos de clonagem humana.
Uma preciosa contribuição para umbandistas e espiritualistas estudiosos é a participação da entidade extraterrestre que adota a personalidade de Vovó Maria Conga. Com a mesma limpidez de estilo de Ramatís, ela esclarece algumas das mais controvertidas facetas desse culto de raízes milenares - a Umbanda.
Esta obra é parte do grande livro esquecido da Sabedoria Cósmica, que a humanidade começa a redescobrir para compor o Conhecimento Integral da Nova Era.



***




Sinopse: Ramatís ditou ao médium Hercílio Maes um conjunto de obras que conquistaram, em meio século, um universo de leitores. Numa linguagem clara, objetiva, acessível, traz profundas e inovadoras informações que compõem um verdadeiro curso de Sabedoria Oculta compatível com a mentalidade ocidental.
A par de conhecimentos sobre a constituição interna do homem, a sua fisiologia oculta, a origem e causa das doenças, as sutilezas das manifestações psíquicas, o mediunismo, desvendou novos e fascinantes horizontes do Conhecimento.
Foi a primeira voz a alertar para o fenômeno da Transição Planetária e a descreve-lo, em Mensagens do Astral. Enfrentando o ceticismo, ofereceu-nos um modelo de civilização, em A Vida no Planeta Marte e os Discos Voadores. Trouxe a mais detalhada e tocante descrição da vida do Mestre Jesus jamais escrita, em O Sublime Peregrino, fruto de sua experiência pessoal. Desvendou em detalhes inéditos o Astral Inferior e Superior, em A Vida além da Sepultura e A Sobrevivência do Espírito. E, numa obra única na literatura espiritualista do Ocidente, lançou uma luz definitiva num tema controverso, em Magia de Redenção.
Ramatís Uma Proposta de Luz é um compêndio que traz uma amostragem de cada um desses 14 ­livros, permitindo ao leitor escolher a via de ingresso na obra desse Mestre de Sabedoria.


***



Sinopse: É característica de Ramatís, mentor sideral que impulsiona a evolução do planeta Terra, esclarecer o que ninguém ensinou e dizer o que ninguém disse. Suas obras propõem um novo patamar evolutivo, e colocam luz nos recantos “desagradáveis” da experiência humana, mostrando o avesso e o lado oculto do óbvio. Este novo texto disseca corajosamente uma prática que ainda resta como herança dos velhos cultos da primeira infância da humanidade: os sacrifícios animais em ritos de religiosidade e trocas interesseiras com o mundo oculto.
Com a precisão que lhe é peculiar, Ramatís mostra o que realmente está por trás dos bastidores desse universo sanguinolento – uma rede de dominação e usufruto de energias vitais que mantém a inferioridade planetária em alta, patrocinando obsessões, violência e desregramentos diversos. Desvenda ainda, com ineditismo, o processo psicológico pelo qual Jesus promoveu a substituição dos velhos ritos de sacrifício do Velho Testamento pela sua imolação propiciatória, anulando a suposta “necessidade” deles. Acrescenta o depoimento de um mago das sombras, comandante de uma rede de oferendas animais, que ilustra perfeitamente a matéria. E inclui uma análise das seitas neopentecostais que propõem o escambo interesseiro com a Divindade, com o sacrifício financeiro dos humanos objetivando auferir dividendos materiais.
O Triunfo do Mestre é o livro que faltava para iluminar os desvãos desse universo ainda mal compreendido; imprescindível para estudiosos de todos os matizes espiritualistas.



***



Sinopse: Se na beleza irretocável dos ensinos e parábolas de Jesus nada pode ser acrescido ou alterado, contudo, hoje pode ser feita a leitura mais esotérica deles, e percebido o seu sentido interno e oculto, que durante séculos permaneceu velado à consciência comum da humanidade.
É o objetivo da presente obra de Ramatís, que desvenda a dimensão secreta e cósmica das histórias singelas do Mestre Nazareno.
A evolução mental do terrícola, atualmente, já permite desvelar essa realidade mais profunda do Evangelho, que é a de se constituir uma síntese das leis cóscmicas, ou a "miniatura do metabolismo do próprio Criador".
Neste obra de cunho iniciático, mas na linguagem cristalina e acessível característica de Ramatís, o leitor encontrará, além da interpretação mais profunda e esotérica dos preceitos evangélicos, um estudo fascinante dos temas "Deus" e "Evolução", tratados com a profundidade e clareza típicos do velho mestre da Grecia antiga.
Uma das obras mais atraentes de Ramatís, que irá conquistá-lo para o rol de seus milhares de leitores.



***



Sinopse: Em que consiste realmente, e o que se oculta por trás dos eventos rotulados de “juízo final”, já em curso no planeta? Qual o propósito da atuação do astro intruso e da verticalização do eixo terrestre, previstos para demarcar a Era de Aquário? E a seleção planetária, realmente já está se processando? Quem deverá continuar reencarnando no planeta Terra, na humanidade mais fraterna do terceiro milênio, e quem precisará repetir o curso elementar em escolas planetárias primitivas? Como se processa o fenômeno da profecia, e qual o verdadeiro simbolismo das imagens do Apocalipse?
Somente um mestre de sabedoria como Ramatís poderia esclarecer questões como essas, desvendando o planejamento sideral oculto por trás do rótulo do “juízo final”, detalhando o processo, e descrevendo a Terra transformada, física e espiritualmente, após a transição.
Temas iniciáticos como “Os engenheiros siderais e o plano da Criação”, “As Influências astrológicas e o signo de peixes”, “A distinção entre a descida angélica e queda angélica dos exilados de outros orbes” completam o atrativo desta obra vanguardista.
Há cinqüenta anos esgotando sucessivas edições, Mensagens do Astral tornouse um clássico da matéria, conquistando definitivamente o leitor pelo ineditismo, profundidade e clareza com que aborda esse tema palpitante.




***



Sinopse: O mediunismo, tão antigo quanto a humanidade, em seus múltiplos aspectos e sutilezas, é abordado por Ramatis nesta obra com toda a riqueza e profundidade de um Mestre de Sabedoria. Todo o amplo espectro dos fenômenos mediúnicos - dos efeitos físicos à mais sutil intuição telepática, passando por temas nunca ou raramente tratados da complexa fenomenologia da mediunidade - são elucidados com a peculiar objetividade de Ramatis. Longe de trilhas, a senda das instruções já conhecidas sobre o tema, ele desbrava exatamente os territórios inusitados e controversos, dúbios ou intrigantes, dessa matéria que fascina o ser humano desde os primórdios de sua existência planetária.
Há 30 anos "Mediunismo", em sucessivas edições, já se tornou um clássico da matéria, insubstituível para tantos quantos buscam a compreensão mais profunda do fenômeno mediúnico.




***



Sinopse: Encerrando a trilogia Um Guia de Estudos da Umbanda, este terceiro volume Mediunidade e Sacerdócio aborda relevantes questões sobre o mediunismo na seara umbandista, a exemplo dos aspectos relacionados com os sutis processos psíquicos de fascinação de que os médiuns são alvo, bem como os esquemas de assédio direcionados para o agrupamento terreno pelas altas inteligências das Sombras, temas que servem de pano de fundo para a descrição das incursões de socorro no Umbral inferior, aqui descritas de forma simples e objetiva como nos volumes anteriores.
As características dos guias espirituais que laboram do lado de lá, dando cobertura aos trabalhos mediúnicos, são narradas com instigantes detalhes — a proteção dos exus-guardiões, o uso da sonoridade como elemento de aglutinação de energias, o agrupamento do Oriente e sua movimentação no plano mental —, explicando com clareza a “especialidade” ou esfera de ação de cada falange.
O esclarecimento de que orixá não é uma entidade extracorpórea, mas sim uma essência primordial, energética e vibratória que influencia no modo de ser e no destino de cada espírito, seja ele encarnado ou desencarnado, elucida a formação de nossa genética espiritual cármica e exalta a importância do entendimento da mediunidade na umbanda, como sagrado sacerdócio.
Por fim, Mediunidade e Sacerdócio apresenta um trabalho de pesquisa na área de Antropologia da Religião, conduzindo o leitor a refletir sobre os motivos pelos quais a umbanda, uma religião mediúnica tipicamente brasileira, de inclusão espiritual, voltada para a prática de caridade, estaria perdendo espaço no imaginário popular para os evangélicos neopentecostais, conforme apontam os últimos censos.



***


O chamado Mundo Oculto sempre atuou na cura das enfermidades humanas, sob as mais diversas formas. Assim se verifica nos relatos bíblicos, no xamanismo dos povos antigos, na tradição oculta e na mediunidade contemporânea, aqui descritos por Ramatís.

Nesta obra, que trata especificamente da terapêutica por via mediúnica, a profundidade do conhecimento iniciático de Ramatís, aliada a sua peculiar objetividade, desvenda com clareza os mecanismos de atuação curadora no duplo etérico do homem e na fisiologia dos chacras. Descreve a técnica utilizada pelas equipes espirituais nos receituários mediúnicos, a razão dos equivocos possíveis, e o charlatanismo que eventualmente ocorre nesse processo, bem como a metodologia das cirurgias espirituais, a tarefa do médium receitista e suas dificuldades, os passes mediúnicos e o receituário homeopático e de água fluidificada.




***




Sinopse: Mediunidade, grande portal para o Terceiro Milênio, a era da luz que se delineia para toda a humanidade da Terra, ou seja, para todos aqueles que se colocarem à direita do Cristo.
Nesta nova obra, Ramatís nos traz orientações precisas, racionais e, acima de tudo, amorosas, a fim de que os seres humanos possam burilar a sua sensibilidade e receberem o Cristo na sua tão esperada “segunda-vinda”, que se dará pela via interna do espírito, e não mais através da reencarnação de um ser.
Que possamos todos aproveitar esta oportunidade, e lastreados nos ensinamentos de Allan Kardec, de Ramatís, bem como de orientações trazidas por tantos outros médiuns, arautos do Cristo que viveram e vivem na Terra neste momento luminoso, nos tornemos ferramentas, luzes nos caminhos de nossos irmãos.
Esta coletânea tem o objetivo maior de nos trazer uma visão luminosa e otimista sobre o fenômeno mediúnico, o papel da mediunidade no processo de transição planetária, na chegada do mundo de regeneração, tão aguardado por todos os seres humanos da Terra.
Aproveitemos mais este esforço do Alto, consubstanciado nesta coletânea que traz as orientações e esclarecimentos do grande amigo e irmão que desde as mais recônditas eras doa o seu amor à nossa humanidade.




***





Sinopse: Ramatís afirma: “Malgrado os protestos e censuras dos conservadores e descrentes, insistimos em advertir os terrícolas de que o “feitiço” existe, e só os espíritos completamente liberados de resgates cármicos são invulneráveis aos seus efeitos”.
O Grande Arquiteto, de tempo em tempo, envia à Terra mensageiros ousados e fora de rotina, que expõem mensagens construtivas, mas prematuras, as quais, mais tarde, são consagradas pela opinião da maioria. Assim foram Crisna, Moisés, Buda, Confúcio, Fo-Hi, Jesus, Kardec e Ghandi, que arriscaram sua estabilidade no cenário terrícola, ousando perturbar os viandantes que trafegam tranqüilos pelas “estradas asfaltadas” dos credos e religiões certinhas em direção ao Paraíso. Ramatís poderia filiar-se à linha convencional das entidades que transmitem para a Terra assuntos já consagrados. Porém, ele deu preferência a abordar problemas controvertidos, desmontando as prateleiras arrumadinhas das mentes condicionadas a clichês tradicionais.
Obra sem paralelo na literatura espiritualista ocidental, “Magia de Redenção” analisa objetivamente em que consiste a Magia, o significado do Ritual, os processos técnicos de enfeitiçamento verbal, mental, através de objetos e animais, da aura humana, a produção de enfermidades etc., e antecipa as conclusões da Medicina Ortomolecular sobre o envelhecimento humano e as enfermidades, ao tratar do enfeitiçamento através dos metais organogênicos.



***



Jesus, o Messias, espírito angélico que ilumina a humanidade da Terra, personagem inconfundível e de maior magnitude que já caminhou pela face do orbe, biografado por centenas de milhares de escritores, e idolatrado por bilhões de seres encarnados e desencarnados. Mas quem será mesmo este ser? Qual a sua projeção no cenário mundial? Qual a sua verdadeira missão entre os homens? Qual é a extraordinária força que o mantém vivo e atuante junto aos fiéis, das diversas religiões que proliferam no planeta, após mais de 2000 anos de seu desencarne?
As respostas para estes e outros questionamentos sobre o Homem-Deus, que segundo João Evangelista “é a luz que ilumina todo ser nascido na Terra”, o leitor encontrará nesta coletânea que reúne material extraído de 24 livros ditados por Ramatís aos médiuns Hercílio Maes e Norberto Peixoto, na qual a personalidade doce, e ao mesmo tempo pujante, do Anjo Planetário que governa nossos destinos irradia cristalina para nosso deleite e aprendizado.




***




Sinopse: Os instrumentos utilizados pelos magos negros das Sombras para buscar o domínio das mentes encarnadas são variados e complexos. Nesta obra, Ramatís prossegue na tarefa de transcender as fronteiras do já-sabido para iluminar ângulos menos compreendidos do cenário oculto do planeta, esclarecendo com peculiar objetividade alguns desses processos indesejáveis.
A manipulação dos Artificiais e o seqüestro de corpos etéricos, a utilização do ectoplasma dos "vivos" e a manutenção dos "centros de vampirização energética", dissimulados nos redutos de prazer astralinos, a hipnose coletiva quotidiana das multidões imantadas às regiões umbralinas durante o sono, são desvendados com clareza. Vários recursos utilizados pela Umbanda e pela Apometria na libertação e na cura são analisados aqui em profundidade.
As experiências extracorpóreas, os desdobramentos grupais, a experiência mística, as capacidades psíquicas, entre outros. A atuação das falanges de Umbanda e a sua estrutura mágica são ilustradas pelo trabalho de entidades que incursionam com o médium no Invisível. Ramatís não deixa dúvidas quanto à natureza real dos veículos do homem, e a verdadeira dimensão em que a Apometria atua sobre eles, restabelecendo as verdades simples da Sabedoria Milenar, ensinada desde o alvorecer da raça humana pelos Instrutores Planetários.
Um manual inestimável de conhecimentos ocultos, traduzidos pela didática cristalina de Ramatís para os que buscam o conhecimento como via de expansão de consciência, no serviço aos semelhantes.




***




Sinopse: Periodicamente, a humanidade deste planeta azul recebe, de seus Altos Dirigentes, novos e mais avançados recursos didáticos para promover o adiantamento consciencial dos matriculados nesta escola de almas. A obra "Evolução no Planeta Azul" trata de dois desses avançados recursos: Umbanda e Apometria.
Ramatís, o conhecido Mestre de Sabedoria, mostra a interação que se processa nos planos invisíveis, enlaçando ambas no atendimento espiritual à humanidade.
A Umbanda, já apontada por ele como a futura grande religião de massas do Terceiro Milênio, é estudada em seus aspectos menos superficiais, desvendando o significado esotérico, que se insere na milenar Sabedoria Oculta, de seu conteúdo e suas práticas. Vovó Maria Conga, sábia entidade extraterrestre que assim se apresenta na lides de Umbanda, responde junto com Ramatís a questões sobre os temas mais controvertidos do universo umbandista, de forma clara e didática. Iniciantes e estudiosos irão enriquecer sua compreensão sobre inúmeras facetas mal compreendidas desse culto que retoma as bases da Sabedoria Sagrada mais antiga da humanidade.
A Apometria, técnica ancestral de larga disseminação na atualidade, é analisada de forma fascinante, enfocando sob ângulos inéditos a sua técnica, com estudo de casos de variados transtornos anímicos e obsessivos, relatando a atuação complexa das falanges invisíveis que dão cobertura aos trabalhos apométricos, junto às organizações trevosas do Astral Inferior.
Desvendando novos horizontes para a humanidade do Planeta Azul, esses caminhos da Nova Era se oferecem nesta obra com profundidade, mas transparentes e acessíveis a qualquer leitor, pela peculiar objetividade com que Ramatís já cativou milhares de aprendizes da Sabedoria.





***




Sinopse: "No Universo não existem fantasias nem milagres, mas tudo obedece a um processo de Ciência Cósmica com leis invariáveis. É óbvio, pois, que a operação de "pensar", "desejar" ou "sentir" do espírito exige sistemas, órgãos e mecanismos adequados na contextura do perispírito." Ramatis
Nesta obra, Ramatís simplifica temas transcedentais relativos à constituição oculta do homem.
Os corpos astral e mental (perispírito), o duplo-etérico e suas funções, a descrição e funcionamento dos chacras etéricos e astrais, assim como noções sobre o prana, são tratados de forma didática, na característica forma de perguntas e respostas que o luminoso Mestre da Grécia antiga aprecia utilizar para transmitir o conhecimento.
Faculdades psíquicas outrora comuns ao currículo das escolas iniciáticas – algumas hoje catalogadas como "faculdades mediúnicas" – são analisadas de forma clara e acessível ao estudante: a Radiestesia, a Psicometria, os fenômenos de efeitos físicos e de "voz direta", bem como o mecanismo astroetérico que produz os chamados "lugares assombrados".
Em capítulo especial, Mestre Ramatís desvenda o processo reeducativo que se verifica, em casos de retardo mental severo, no psiquismo enfermo dos espíritos fazedores de guerra do passado. Outro capítulo peculiar descreve a missão social e espiritual do Brasil na liderança da Nova Era, analisando os componentes do psiquismo do povo brasileiro que o credenciam para essa condição.
Há 35 anos esgotando sucessivas edições, esta obra já se impôs à preferência dos estudantes espiritualistas do Brasil.



***


Sinopse: É considerável a quantidade de pessoas que chegam aflitas aos centros de umbanda, em busca de cura e alento para suas dores físicas e psíquicas, onde são acolhidas amorosamente por entidades benfeitoras que respeitam profundamente as diferenças de crenças e cultos. Essa índole universalista, que não discrimina ninguém, ao contrário, pratica a caridade sem olhar “pra quem”, conduz os cidadãos a uma convivência mais fraterna e benevolente. O que acontece no “lado de lá”, após os atendimentos? Diário Mediúnico, segundo volume da trilogia Um Guia de Estudos da Umbanda, traz importantes elucidações sobre o dia a dia dos trabalhos de um grupo mediúnico umbandista, apresentando um paralelo entre os acontecimentos nos dois planos de vida.
Com a mesma linguagem simples e objetiva de Umbanda Pé no Chão, este novo livro analisa os traumas psíquicos causados pelos abusos espirituais, os processos sutis de obsessão aos médiuns e de assédio às casas espíritas, as iniciações e os elementos utilizados nos trabalhos, exaltando os verdadeiros fundamentos umbandistas alicerçados no respeito à vida animal.
Diário Mediúnico aprofunda também questões relacionadas com os métodos de socorro nos desligamentos de recém-desencarnados, sob a égide dos orixás, e explica como se dá a recepção no “lado de lá”. E mais: aborda com ineditismo a psicografia na umbanda.
Entre preceitos de magias, consagrações, benzeduras e patuás, riscando pontos e confortando pacientes entristecidos pela dura existência, os guias de umbanda vão trabalhando com humildade e afinco. Estas e outras histórias são relatadas aqui amorosamente, pela inspiração de Ramatís e de outros amigos da seara umbandista, para esclarecimento e aprendizado do leitor.





***






Sinopse: Ciência Oculta de A a Z – O Véu de Isis – Aprendendo com Ramatís é mais uma colaboração deste verdadeiro Mestre da Sabedoria para ajudar os seres humanos da Terra a desvendar a riqueza dos meios que o Criador disponibiliza para que seus filhos possam alcançar a tão almejada felicidade, intensamente buscada por todas as criaturas do Cosmo.
Temas complexos, e até então tidos como tabus e superstições, são aqui esclarecidos para deleite e conscientização do leitor. Assuntos como: chacras, yoga, arcanjos siderais, enfeitiçamento, manvantaras, Cristo interno, Astrologia, corpos sutis, magos negros e brancos, ciências ocultas, alquimia, e muitos outros, são apresentados por Ramatís de forma muito objetiva, dentro da ciência transcendental, demonstrando-nos que muitas vezes aquilo que não se compreende está inserido numa mecânica cósmica, sempre a serviço da vida e da felicidade geral.
Viajando pelas páginas deste livro, poderá o leitor, guiado por Ramatís, penetrar nos segredos do conhecimento iniciático do passado e fortalecer-se na sua sublime caminhada rumo ao páramos da luz, que é o objetivo do filho na busca do Pai.



***





Sinopse: Ramatís é porta-voz dos conhecimentos milenares da chamada Sabedoria Secreta, que os Dirigentes Planetários desejam devolver gradualmente à consciência da humanidade, num grande projeto que envolve todas as correntes espiritualistas.
Em “Chama Crística”, ele estabelece a conexão dessa Sabedoria Oculta com suas fontes originais: a Lei Maior Divina – Aumbandhã ou Conhecimento Integral - trazida de outros mundos siderais, e presente no planeta desde as mais antigas raças. Revela particularidades desses exilados de outras constelações e sua trajetória no planeta, após a chegada na Atlântida.
Para tanto, revive sua condição de antigo Mestre Atlante, mostrando as técnicas sutis com que essa Magia Divina dos Templos da Luz continua a operar no Plano Astral, junto com médiuns encarnados, no resgate dos sofredores e líderes das trevas.
Dos arcanos dessa Ciência Secreta, nos transmite noções de Física Cósmica, chacras siderais e buracos negros, campos dimensionais e eixo planetário. Detalha a magia do magnetismo curador, dos enxertos ectoplásmicos, da fitoterapia astral, dos Quatro Elementos, e da antiga medicina Ayurvédica da Índia.
Entre múltiplos ensinamentos e revelações, ele sublinha o Universalismo, base da nova consciência planetária: “A espiritualidade é universalista, crística, não existindo do lado de cá sectarismos, seitas ou religiões, dogmas ou ritualismos exclusivistas.
Esta nova obra de Ramatís, de conteúdo inovador como sempre foi sua caracteristica, fará o leitor reencontrar-se com o estilo peculiar que traz o “toque do Mestre”, que assim inicia uma nova espiral de revelações para a Era de Aquário.



***





Sinopse: Apenas dois sensitivos no Brasil, até hoje, receberam o aval da Espiritualidade Superior para transmitir mensagens sobre a verdadeira natureza da civilização marciana: Francisco Cândido Xavier e Hercílio Maes. São informações idênticas. Tanto Ramatís quanto a mãe de Chico Xavier ("Cartas de uma Morta") e Irmão X ("Novas Mensagens") são portadores de notícias chocantes para o ceticismo dos terráqueos: uma avançada civilização, espiritual e materialmente considerada, não só habita o Planeta Marte, como nos conhece perfeitamente. E nos visita, há décadas, nos famosos "Discos Voadores" — hoje OVNIs.
Ramatís vai além, nesta obra revolucionária: transporta o leitor para o quotidiano da civilização marciana, com suas cidades de fantástica beleza, a arquitetura e transportes, o encanto transcendental dos cenários desse mundo, com um avançado sistema de governo. Permite ao nosso curioso olhar penetrar o interior da vida em Marte, com seus usos e costumes, educação e lazer, esportes e estrutura social. Conduz-nos à intimidade dos lares marcianos, para descobrir como se vestem e alimentam, como se relacionam, como vivem, enfim; como são a medicina e as crenças, as flores e escolas, a ciência e as crianças, os "livros", filmes, a música. Descreve a energia motriz superavançada que movimenta a vida marciana, as naves espaciais e viagens interplanetárias.
E garante: "Marte é um grau sideral à vossa vanguarda e é, também, a vossa futura realidade espiritual".
Quanto às imagens desérticas fornecidas pelas sondas espaciais, cabe lembrar que, para a avançada ciência marciana, não constituiria dificuldade manipular essas e outras emissões. Um simples holograma poderia criar realidades virtuais insuspeitadas, em legítima defesa da paz de seu mundo, visado pela belicosa civilização terráquea.
Ao longo de cinco décadas e sucessivas edições, "A Vida no Planeta Marte" já conquistou milhares de leitores. Essa obra fascinante vai encantá-lo também, entreabrindo à sua consciência as realidades que nos aguardam na comunidade dos mundos do universo.





***




Sinopse: O agrupamento doméstico é considerado no Espaço um curso vestibular para o evento da família universal! É uma espécie de triagem onde se classificam os cidadãos diplomados na fraternidade consangüínea; e que se mostram eletivos para aplicar no mundo profano os dons superiores adquiridos e desenvolvidos entre a parentela humana! O lar proporciona ao espírito encarnado as iniciativas do sentimento fraterno; incentiva-lhe a tolerância, paciência, humildade e a conformação, adestrando-o para depois enfrentar as adversidades do mundo! No mesmo lar, as almas reciprocamente hostilizadas em existências pregressas contemporizam-se de suas diferenças porque vinculam-se à mesma linhagem consangüínea, em cujo ambiente doméstico e por força da sobrevivência física avançam para a compreensão espiritual definitiva. Os filhos são os hóspedes, nem sempre desejados, que por força dos conflitos pretéritos achegam-se para substituir o ódio pelo amor, a desforra pela indenização. O lar funciona como um curso de confraternização.




***





Sinopse: "A morte do corpo é simples mudança de apartamento para o espírito".
Em "A Vida Além da Sepultura", obra inspirada por Ramatis, o fenômeno da morte, despido de toda a morbidez, é descrito com a naturalidade própria de uma "volta para casa". Para tanto, Ramatis convida, para descrever sua própria "viagem de retorno", o discípulo que adota o nome de Atanagildo — um filho da Grécia antiga, cuja última encarnação se deu no Brasil. Com a salutar irreverência do espírito grego, Atanagildo descreve sua própria travessia e chegada no Além, revestindo de particular humor os velhos mitos fúnebres da humanidade.
Oferece uma ampla descrição da cidade do Astral Superior, onde reside, conhecida como o "Grande Coração", cujo cenário de beleza sideral justificaria o velho conceito de "céu" das crenças tradicionais. Em contraponto, oferece um "tour" pelas colônias astrais de costumes antiquados, e pelas cidades do Astral Inferior, incluindo as zonas dos charcos, o ineditismo de um capítulo sobre Aves e Animais do Astral Inferior, e outro que trata das Organizações do Mal.
Um verdadeira anatomia do processo do desencarne, detalhando as providências técnicas de desligamento do espírito do corpo denso, que se transforma, pela verve e humor de Atanagildo, em fascinante relato desvendando a face luminosa da suposta Ceifadora de vidas:
"Quando logrei despertar no Além, tive a grata surpresa de ser apresentado a dois espíritos com uma irradiação de luz azulada a lhes fluir pelo tórax, formando um halo em torno das cabeças: eram os dois espíritos técnicos que me haviam ajudado a desligar-me do corpo físico. Quando tal acontecera, eu me achava diante da lendária "Morte", tão temida... Aquelas fisionomias iluminadas, afáveis e sorridentes, junto do meu leito, eram um formal desmentido à lenda da megera esquelética com a sinistra foice! Eles leram, então, o meu pensamento, com certo ar travesso; depois, fitaram-me e, sem que eu também pudesse me conter, rimos francamente; um riso farto e sonoro, que inundou o ambiente de vibrações alegres e festivas! Ríamos diante da farsa da "morte"...
Na Segunda parte da obra, Ramatis trata diretamente de temas como a obsessão, a limitação de filhos, a relações cármicas entre pais e filhos, e os processos de parasitismo de desencarnados sobre os encarnados.
Em quase cinqüenta anos de reedições sucessivas, esta obra de fascinante conteúdo e repleta de informações continua uma das mais procuradas dentre as obras de Ramatis, como um oportuno "guia de viagem" para a inevitável e — porque não? — feliz travessia para a Outra Margem da vida.





***




Sinopse: A Sobrevivência do Espírito, obra de Ramatís e seu discípulo Atanagildo aborda a fisiologia oculta do corpo astral, a vida nos planos suprafísicos, e os poderes da alma em liberdade na sua verdadeira pátria.
Analisa os sistemas e órgãos do corpo astral, com seu metabolismo transcedental; as incríveis dimensões do sentido da vista, no Além, que já prenunciam a onisciência futura do ser; a volição, precursora da onipresença intrínseca à centelha divina; as forças mentais e suas criações, tão fascinantes como contos de fada, atestando a onipotência que vive na intimidade dos pequenos deuses que somos – como a encantadora descrição da magia colorida e terapêutica de espíritos angélicos sobre um chafariz de sua cidade astral.
Trata da música e seus efeitos, dos arcanjos constelatórios ao homem encarnado. Atento repórter, Atanagildo desce a minúcias sobre a música que se cultiva nas esferas astrais superiores, como instrumentos, gêneros, compositores e executantes.
Na segunda parte, inclui-se o mais singular estudo sobre um instrumento vital para a humanidade do Terceiro Milênio: o Esperanto. Ramatís desvenda o planejamento oculto do Comando Planetário para a Missão Esperanto na Terra, a estrutura mantrânica dessa língua fraterna, composta pelos técnicos siderais, dotada de poderosa força esotérica para servir de elo entre os homens, e a missão de Zamenhoff e seus aspectos ocultos.. Atanagildo acrescenta a extraordinária descrição de uma Academia de Esperanto no Astral Superior do Brasil. Ramatís conclui com elucidações sobre sonhos e recordação do passado, e o suicídio.



***



Sinopse: Universalista, como a tônica original da doutrina espírita, esta obra de Ramatís examina sucessivamente os grandes movimentos religiosos – o Catolicismo, o Protestantismo, o Budismo, a Teosofia e a Umbanda, e as relações do Espiritismo com cada um deles, e ainda com o Evangelho, a Biblia e a Psicanálise, e a sua posição ante a Homeopatia. Ramatís delineia a missão transcedental da doutrina espírita, que, ao invés de “mais uma doutrina”, sectária e exclusivista, foi prevista pelo Alto como elo de união fraterna entre crenças e religiões.Como síntese acessível ao homem contemporâneo das grandes verdades “ocultas” iniciáticas, possibilita ao espírito ocidental, neste século da transição planetária, efetuar a “iniciação à luz do dia”.
Esta obra vem recordar a alta missão de solidariedade universal do Espiritismo, como um movimento libertador de consciências, destacando sempre o ideal de Fraternidade que o anima, e sua alta função de atender a todas as indagações do conhecimento humano. Ao mesmo tempo, como um estudo de religiões comparadas, traz valiosas informações sobre os conteúdos dessas diversas correntes, salientando-se as preciosas informações sobre a Umbanda e sua elevada missão, esquematizada pelo Alto para o Terceiro Milênio.



***



Sinopse: Embora surgida no Brasil em 1908, com a manifestação do Caboclo das Sete Encruzilhadas pelo médium Zélio de Moraes, a umbanda é “mais antiga nos planos rarefeitos que o próprio planeta Terra”. Para desvelar sua essência e seus verdadeiros fundamentos, Ramatís retorna à literatura espiritualista e delimita o perfil doutrinário e ritualista desta religião eminentemente brasileira fundamentada no Evangelho do Cristo, que em nada se parece com as práticas mágicas populares e os cultos de origem africana.
O que são verdadeiramente os orixás e exus, o que representam os assentamentos vibratórios, o surgimento da tela etérica e sua relação com o mediunismo, as correspondências vibratórias entre os planos do Universo, os corpos sutis, os chacras e os orixás; as escolas orientais e a gênese desta religião de raízes cósmicas, os sincretismos e as influências indígena, negra e branca, são elucidados com a objetividade que lhe é peculiar. E mais: a realidade oculta atrás dos sacrifícios de animais, prática que nada tem a ver com a ritualística da verdadeira umbanda, assim como os populares “despachos” nas esquinas urbanas, são definitivamente esclarecidos.
Esta obra é, portanto, um relevante marco na trajetória do movimento umbandista, e sem dúvida uma importante referência para todos os umbandistas sérios e espiritualistas estudiosos.




                                                                                          ***


Sinopse: Aprendendo com Ramatís é uma coletânea de textos que nos remete ao âmago dos ensinamentos deste verdadeiro arauto da luz sobre a sublime peregrinação do espírito imortal através de incontáveis romagens, ora em planos densos, ora em dimensões mais sutis, sempre aprendendo e crescendo em intelectualidade e moralidade, a fim de adquirir a consciência cósmica que o torna um “filho de Deus” a auxiliar os irmãos menores que vêm atrás na grande estrada cósmica, na sua busca pela felicidade. Aliás, como diz textualmente o próprio Ramatís: “Trazendo essa coletânea a lume, temos como único escopo facilitar o entendimento do ser humano da Terra em relação ao infinito amor de nosso Pai, demonstrando de forma simples e objetiva as mais diversas nuances que permeiam a ascensão do espírito imortal, ao galgar planos cada vez mais sutis e luminosos até tornar-se um co-criador a planar pelo Infinito a serviço da luz”.
Com toda certeza, o leitor vai encontrar aqui o seu luminoso futuro delineado pelo verbo vibrante, poético e esperançoso deste trabalhador do amor, lastreado em sua experiência e no seu conhecimento da mecânica cósmica que leva a criatura a vir a ser um dia um “engenheiro sideral”, um colaborador do Ser Supremo na administração do Cosmo. Ao folhear as páginas desta obra, o leitor há de sentir-se incentivado a assumir o controle de seu processo evolutivo, ou seja, alguém que ilumina seus semelhantes com exemplos de fé, confiança, esperança e alegria.




                                                                                           ***



Sinopse: Esta obra resulta da experiência direta de Ramatís — conhecido filósofo de Alexandria ao tempo de Jesus — que foi à Palestina encontrar pessoalmente o Mestre Nazareno, e posteriormente colheu, nos registros akhásicos, os verdadeiros registros vivos de sua existência no planeta.  Por isso, “O Sublime Peregrino” traz com realismo cinematográfico temas nunca dantes abordados: o nascimento, a infância e o lar do menino Jesus, suas brincadeiras e preferências, sua família e gestação, sua vida quotidiana entre o povo hebreu, o cenário da Galiléia e a influência de seu povo na missão de Jesus. Mas também focaliza como nenhuma outra obra a identidade sideral de Jesus, sua relação com o Cristo Planetário, os aspectos iniciáticos de sua missão, suas relações com os essênios. Revela detalhes inéditos sobre a figura de Maria de Nazaré e sua missão, sua gestação protegida pelas hostes angélicas, e o verdadeiro cenário do nascimento do menino-luz. E traça com riqueza psicológica o verdadeiro e insuspeitado perfil de Maria de Magdala e seu encontro com o Mestre.
Além da abordagem de temas iniciáticos como a descida angélica e a queda angélica, o Grande Plano e o Calendário Sideral, recolhe-se nesta obra a mais autêntica descrição do drama do calvário e dos últimos dias de Jesus.


                                                            ***



Sinopse: Nesta obra, Ramatis desvenda o mecanismo oculto que desencadeia, a partir dos corpos sutis do ser humano, as enfermidades do corpo físico. A origem e causa das moléstias, detida pelo conhecimento iniciático milenar, é transposta em linguagem clara e acessível, que abre extraordinários horizontes de compreensão do binômio saúde-enfermidade.
A etiologia, raízes cármicas, tratamento e cura do câncer são analisados desde sua verdadeira origem no “mundo oculto” das causas e em suas relações com a extinta Atlântida. Analisando a homeopatia, Ramatís elucida o verdadeiro processo de atuação das doses infinitesimais, a amplitude de sua atuação nos corpos sutis e na raiz dos processos patológicos, suas infinitas possibilidades terapêuticas ainda não inteiramente exploradas, e as condições requeridas para o êxito integral do tratamento homeopático.
O capítulo “A Alimentação Carnívora e o Vegetarianismo” já se tornou um clássico sobre o tema, havendo desencadeado uma nova visão e postura comportamental em milhares de leitores, que assim se preparam para credenciar-se à cidadania terráquea do Terceiro Milênio. A atuação do álcool e do fumo, como agentes patogênicos nos corpos energéticos e físicos, é analisada por Ramatís sob a ótica do mundo oculto, incluindo as conseqüências que se seguem à morte física, e o processo simbiótico dos “canecos vivos”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...