Sabedoria Ramatis

Sabedoria Ramatis

segunda-feira, 21 de abril de 2014

Enfeitiçamento verbal – VI





PERGUNTA: - Há preocupações ou sofrimentos por parte dos pais desencarnados, que não batizaram os seus filhos, quando em vida física?

RAMATÍS: - Os pais desencarnados não se preocupam porque seus filhos não foram batizados, pois verificam, no Além, que a salvação do homem não depende de crença ou cerimônia, porém, de suas obras! Mas eles sofrem atrozmente, quando os seus descendentes ficam na penúria, entregues aos vícios do álcool, jogo, entorpecentes ou descambam para o roubo, crime ou para o suicídio. É lamentável o sofrimento dos pais aflitos, quando depois de confiarem os filhos na cerimônia do batismo a padrinhos de estabilidade financeira no mundo carnal, verificam que estes nada fazem para minorar a desdita de seus afilhados.
Não importa se o batismo é uma cerimônia católica, protestante, espírita ou umbandista; ou se o consideram superstição, mito, dogma ou crendice. Ele pouco vale na consagração à luz do mundo físico, mas é um compromisso severo e espiritual, alguém apadrinhar uma criança que lhe é oferecida em nome de Deus!
O próprio dicionário humano esclarece, em linguagem categórica, que padrinho é o "patrono", o protetor e madrinha no feminino. É, portanto, uma segunda paternidade que o homem assume sobre o filho do amigo, parente ou servidor, no ato espontâneo de aceitar um filho adotivo. Mas as obrigações também são recíprocas entre padrinhos e afilhados, motivo por que estes tanto merecem a bênção, como podem fazer jus à maldição de madrinhas!

PERGUNTA: - E qual seria um exemplo convincente da força da palavra em sentido construtivo?

RAMATÍS: Há pouco, referimo-nos à palavra amorosa, construtiva e catalisadora de forças e emoções superiores, como é a expressão verbal "Deus-te-abençoe", vigoroso "mantram", que dinamiza na criatura a esperança e o júbilo espiritual. Assim como a praga ou a maldição de mãe, a de madrinha é força tenebrosa e mais destrutiva do que a proferida por estranhos, a bênção, no mesmo caso, também produz resultados mais sublimes e benfeitores. Com o magnetismo energético e hipnótico das palavras, podemos despertar energias e promover transformações miraculosas. Jesus levantava paralíticos com sua palavra criadora, desatando energias adormecidas e produzindo verdadeiros milagres. Há médicos inteligentes, que obtêm curas extraordinárias de seus pacientes, mobilizando palavras criadoras e dinamizando "formas-pensamentos" vigorosas, que combatem e destroem as acumulações fluídicas enfermiças. Cada letra, ou sílaba, além de sua ação vibratória no campo mental, astral e etérico do homem, ainda repercute em determinada região ou zona do seu corpo físico, onde produz as modificações mais sensíveis. Aliás, diz a ciência do mundo que o homem põe em movimento 72 músculos do corpo, cada vez que pronuncia uma só sílaba.

Do Livro: “Magia De Redenção” Ramatís/Hercílio Maes – Editora do Conhecimento.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...